Saiba tudo sobre saúde mental e física e quais os benefícios que ajudam no seu equilíbrio


Em Crianças e Adolescentes - 29-03-2019

Para quaisquer atividades que podemos exercer, precisamos ter saúde. Ela é a grande responsável por manter nosso corpo e mente em constantes atividades. Aqui, exploraremos a saúde mental e física e quais os benefícios que ajudam no seu equilíbrio.

 

É fato que sem a saúde em perfeita harmonia, não sentimos bem. A saúde é considerada o bem mais precioso que o seres humanos precisam preservar. Somente por intermédio dela é que podemos exercer as diversas atividades do dia a dia.

 

Apesar de muitos tratarem a saúde mental e física separadamente, elas estão ligadas. Ao olharmos superficialmente, a saúde mental e física parecem ser assuntos diferentes. Porém, se analisarmos mais a fundo, torna-se nítida a relação entre ambas.

 

Ou seja, problemas de saúde física, podem impactar negativamente a saúde mental e o bem-estar das pessoas. Da mesma forma, problemas de saúde mental podem causar ou agravar problemas de saúde física.

 

Assim, para mantermos o organismo pleno e saudável é preciso haver equilíbrio entre a saúde mental e física. Somente sua integridade manterá o corpo e mente sadio.

 

 

Como dispor de uma boa saúde mental e física?

 

 

Promover equilíbrio entre o corpo e a mente é importante para possuir uma boa saúde mental e física. A famosa frase “corpo são, mente sã” nos confirma que a saúde física e mental andam juntas e estão ligadas. Biologicamente, o nosso sistema nervoso está estreitamente relacionado com nossas emoções. Várias hipóteses sustentam que o sistema nervoso possui pontos de conexão com o sistema imunológico. Havendo a influência tanto positiva quanto negativa à saúde.

 

Contudo, o equilíbrio físico e mental, quando alterado pelo estresse ou preocupações rotineiras, pode ser prejudicado. Estresse no trabalho, tensões e maus hábitos à saúde corporal e emocional são afetadas, provocando as instabilidades.

 

Com isso, algumas expressões físicas podem se manifestarem. Dores na cabeça e pescoços são comuns quando há grandes tensões no dia. Como também, as costas e quadris são outras regiões onde as dores prevalecem em razão do estresse. Portanto, adquirir hábitos saudáveis e evitar preocupações são fatores fundamentais para alcançar um equilíbrio físico e mental.

 

No entanto, obter a prática da boa alimentação, do descanso necessário e exercer atividades físicas são os primeiros passos para dispor de uma boa saúde física e mental. Além disso, controlar os nervos, estresses e respirar bem são motivos que ajudam na melhor organização. Evitando preocupações e apresentando mais satisfação na vida. Cultivar bons amigos, ter relação sexual saudável e ótima autoestima são outros perfeitos hábitos para, também, se sentir mais sadio.

 

 

Saúde física, mental e social

 

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o conceito de saúde é o completo bem-estar físico, mental e social. E não só a ausência de doenças. Para a saúde mental e física, é fundamental que o ambiente respeite os direitos básicos civis, políticos, socioeconômicos e culturais.

 

 

Saúde Física

 

 

 

A saúde física compreende na condição geral do corpo em relação ao físico e as doenças associadas. A pessoa que apresenta uma saúde física saudável, não dispõe de doenças. Além de possuir um metabolismo com um bom funcionamento. Hábitos benéficos, genética e boas condições de trabalho influenciam na saúde física.

 

Saúde Mental

 

Saúde mental

 

A saúde mental pode ser descrito como qualidade de vida emocional e cognitiva de uma pessoa. Entretanto, para a OMS, não existe uma definição oficial para saúde mental. Isto é, fatores externos, hábitos, culturas e julgamentos subjetivos afetam em como a saúde mental é estabelecida. Por isso, a definição da saúde mental é avaliada pela percepção da realidade, integração social e emocional com a sociedade.

 

 

A primeira regra da saúde mental

 

 

“Aprender a distinguir quem merece uma explicação, quem merece apenas uma resposta e quem não merece absolutamente nada.”

Dispor de uma boa autoestima é um dos fatores e hábitos benéficos à saúde física e mental.  Em razão disso, a primeira regra da saúde mental abrange amor e respeito, acima de tudo. Saber distinguir, torna os obstáculos mais fáceis de resolverem, aumentando a autoconfiança.

 

 

Saúde Social

 

saúde social

 

A saúde social está relacionada com a interação com outras pessoas. É a capacidade de conseguir prosperar em ambientes sociais e interagir com a sociedade. A saúde social está também relacionada com a saúde individual. Pois, a interação com outras pessoas beneficia o bem-estar do próprio indivíduo.

 

 

Saúde Social: A saúde física mental e as interações com o meio

 

 

Estudos já comprovam que pessoas que relacionam bem com as outras, possuem um melhor estado de saúde física e mental. Além de uma maior vitalidade na vida diária. Caso contrário, quando não há interação, as pessoas apresentam baixa autoestima, níveis de estresse e ansiedade elevada. Assim, afetando a saúde física e mental.  

 

É imprescindível relacionar a saúde física e mental ao meio social. Seria uma regra proporcional a todos os fatores. Ou seja, quanto maior a interação interpessoal, maior a saúde social e, consequentemente, mais qualidade na saúde física e mental.

 

Portanto, a ligação entre a saúde física e mental com o meio é o maior propósito para adquirir o equilíbrio. Se educar é uma forma de prevenir das preocupações e hábitos negativos que a sociedade sofre hoje em dia. A relação com o ambiente pode fazer a diferença e espalhar uma tendência positiva para o bem-estar comum.

 

 

Atestado de saúde físico e mental

 

 

O Atestado de Sanidade Física e Mental é um documento que certifica como são as condições mentais, psicológicas e físicas de uma pessoal. Ou seja, através do atestado, pessoas são avaliadas para exibir sua saúde física, mental e social para a sociedade.

 

Normalmente são solicitados para candidatos que querem assumir funções em grandes empresas. Ou por ingressarem em concurso público. Ou apresentarem à perícia do INSS. Assim, são analisadas as condições do indivíduo para diversas finalidades.

 

Conforme o Conselho Federal de Medicina, a emissão de atestados de sanidade mental e física não é exclusiva do psiquiatra. De acordo com a resolução do CFM 1.658/2002, qualquer médico, de diferentes especialidades, estão autorizados a emitirem atestados. Assim, o atestado médico precisa, principalmente, de objetividade e clareza para que possa exercer toda sua eficácia.

 

 

A influência social da família na saúde física e mental

 

familia feliz com saúde fisica e mental

 

O apoio familiar e de amigos tem um papel importante para ajudar nas decisões. Os traços genéticos estão ligados tanto ao aspecto físico como mental. Ou seja, a saúde física e mental é moldada pelos próprios atos, como também, pelo o que vem da família. 

 

As relações sociais positivas na família ajudam a diminuir a probabilidade do surgimento de doenças crônicas, deficiência ou doença mental. Como também, aumenta a autoconfiança e autoestima da uma pessoa. A união entre pessoas que visam o bem-estar do outro, proporciona companheirismo e apoio emocional. Essas associações ocorrem de forma benéfica à saúde física e ao bem-estar psicológico. Pois a harmonia entre os familiares proporciona um ambiente saudável. Além de aumentar a imunidade contra hábitos prejudiciais ou doenças.

 

Entretanto, caso a vida familiar é caracterizada por estresse e conflitos, a saúde dos familiares tendem a ser afetada negativamente. Adquirindo problemas, doenças e, até mesmo, um aumento de peso e obesidade.

 

 

Pontos negativos

 

 

As interações familiares problemáticas e não favoráveis ​​têm um impacto negativo à saúde. Pessoas infelizes tendem a exibir pior saúde física e mental. Como consequência, influenciam, de forma negativa, as relações agradáveis entre a família, amigos, e até mesmo os filhos.

 

Além disso, um lar que não respeita a todos tendem a promover doenças mentais. A divisão desigual da organização do lar, a falta de comunicação ou a desconsideração com a opinião do outro tornar-se um problema. As adversidades podem associar a altos níveis de depressão e estresses do ente da família. Nem todas as pessoas pensam, sentem e agem da mesma forma. Por isso, saber respeitar as diferenças e evitar conflitos desnecessários ajuda no equilíbrio.

 

Ademais, fatores externos possuem uma grande responsabilidade no surgimento de doenças mentais. Uma vida familiar ruim pode disparar traumas, principalmente quando existem abusos, eventos de angústias ou negligências.

 

Hoje em dia, problemas graves entre amigos ou parentes tem-se visto constantemente. Para esses marcantes problemas, é imprescindível manter os cuidados necessários com as pessoas vítimas da situação. Mantê-las fora do perigo, contratar monitoramento pessoal para evitar as negligências ou violências domésticas são prudências importantes a se realizar. Além de contar com terapias que diminuem traumas e sofrimentos, até atingir o equilíbrio entre a saúde física e mental.

 

Outro fator importante é a educação alimentar. Entes da mesma família tendem a ingerir os mesmo alimentos. É o famoso encontro na mesa de jantar. A princípio, existe a união familiar, porém se não há educação de uma boa alimentação, dificulta a saúde de todos. Pais acostumadas a consumirem alimentos nada saudáveis tendem a ter dificuldades em passar o hábitos da alimentação saudável aos filhos. Por consequência, há uma enorme tendência ao desenvolvimento da obesidade e problemas de saúde relacionados com a alimentação precária.

 

 

O sedentarismo na saúde física e mental

 

 

Além da obesidade, visto acima, pessoas sedentárias, podem apresentar consequências ainda mais maléficas para a saúde física e mental. São inúmeras as doenças ou condições causadas em decorrer de um péssimo estilo de vida.

 

Para a saúde física, o sedentarismo traz consequências que podem levar a doenças graves. Como diabetes, problemas na coluna, cânceres, hipertensão, além do sobrepeso.

 

saúde física e mental

 

Já na saúde mental, o sedentarismo influencia diretamente o aspecto mental da saúde. Afeta fortemente a capacidade de raciocínio, concentração e memória. Além disso, pode acarretar a depressão, insônia e principalmente a autoestima. Um fator extremamente importante para o equilíbrio da saúde física e mental.

 

Portanto, é preciso mudar radicalmente a forma de ver a vida de um sedentário. É preciso ter um acompanhamento médico e adquirir hábitos familiares que ajudam na autoestima.  Além de conversas sobre exercícios físicos e reeducação alimentar.

 

Por todas essas razões, para preservar a saúde física e mental, devemos complementar nossas qualidades. Comece a influenciar o bem em sua família, fazendo uma cooperação mútua. Se sinta em equilíbrio com a razão e o coração. Somente assim, sentiremos mais eficaz, importante e indispensável. Para mais, contribuir positivamente com seu ambiente é conseguir identificar seu equilíbrio com a natureza. Além de analisar os exemplos que são encontrados nela e aplicá-los na vida diária.

 

Nesse texto falamos tudo sobre a ligação da saúde física e mental com o meio. Veja também qual a importância da autoestima na terceira idade.  Adquirindo mais conhecimento sobre uns dos fatores mais importantes para a saúde.